Archive for ‘receitas’

01/12/2013

Docinho de leite em pó – Eca!

Acabei de fazer umas experiências com o tal docinho de leite em pó. Depois de provar, tive a impressão de já tê-lo feito, mas como não encontrei nada entre os meus blogs, agora resolvi registrar: coisa mais horriiivel! Fiz como manda o figurino e ainda inventei mais alguma coisa, claro. ;) Em vez de passá-los somente no açúcar ou no próprio leite em pó, também passei no pó de café misturado com achocolatado ou no chocolate em pó. Eca!!! Na tentativa de mudar aquele sabor horrendo de leite em pó, acrescentei umas gotas de essência de amêndoas à massa. Não adiantou.

A receita é:
1 xíc. de leite em pó
1 xíc. de açúcar de confeiteiro
1/2 xíc. de leite condensado

Blergh!!!
Há quem ainda coloque um pouco de leite de coco, o que duvido muito que faça esse docinho ficar gostoso de alguma forma.

Moral da receita: “Gosto não se discute!” ;)

Anúncios
30/04/2013

Cupcake na casquinha de sorvete

28/04/2013

Cake Pop – receita original

17/04/2013

Massa de Pastel pronta

Ficou assim, embora a foto não seja da minha receita. ;)

Sabe aquela massa de pastel pronta, de rolo? Pois bem, fiz um rocambole com ela e, confesso, ficou bem gostoso. Detalhe: não é a massa de pastel de forno, é a comum. Deu super certo.

Ingredientes:

Massa pronta de pastel (de rolo)
maionese (pouquíssima)
queijo ralado ou picado
calabresa picada ou ralada
tomate e cebola picados (tipo vinagrete)
temperos a gosto
azeite

Modo de Fazer:

Abra a massa e besunte com pouca maionese (pouca mesmo). Coloque os ingredientes devidamente misturados bem ao centro da massa e feche (ou pelas laterais ou com outra camada da massa por cima). Depois de enrolado, besunte a massa com azeite e coloque-a numa assadeira previamente untada com azeite também. Leve ao forno (180º) por meia hora ou quase isso. A massa fica extremamente crocante. Delícia!

Obs.: Dê uma olhada neste link para ter uma ideia de como fazer o seu.

14/04/2013

cake pops

Adorei esse vídeo de como fazer cake pops.

01/12/2012

massa caseira

Acabei de assistir a como se faz uma massa caseira de uma forma bem fácil. Lá vai: dois ovos, 200 g de farinha de trigo e uma colher bem cheia de farinha de rosca. Talvez seja necessário um pouco mais de farinha de trigo. Misturam-se os ingredientes até formar uma massa macia que desgruda das mãos. Abri-la com um pau de mcarrão e depois enrolá-la, até formar um canudo. Depois basta cortar em fatias finas e abrir. Cozinhar por alguns minutos em água fervente e colocar o molho desejado.

Receita extraída de “A cozinha de Mimmo”, um programa aparentemente amador e sem frescura. Com ele também aprendi a fazer um prato simples que leva duas batatas cortadas em fatias finas, cebolas igualmente cortadas, tomates cereja, pimenta, azeite, pitada de farinha de rosca, orégano, papel alumínio e forno por uns 35 minutos. Tudo nesse programa parece bem fácil. Gostei.

02/06/2012

Brigadeiro bom

O teste de hoje deu muito certo. Fiquei bastante satisfeita com o resultado. Ficou com uma textura deliciosa, daquelas que eu achava meio impossível conseguir. Bom, preciso dizer que o chocolate meio amargo da Harald, pra MIM, tem um sabor horrível. Valha-me, Deus! Parece que eu já o havia comprado anteriormente e não era assim. Bom, não gostei. Farei até acabar o tabletão e depois parto para outros sabores acessíveis, tipo Nestlê, Garoto ou Hershey’s, que é bem gostosinho. Belgas e franceses não existem por aqui.
Deixa eu marcar logo a receita antes que me esqueça e nunca mais consiga fazer outro igual. Porque é isso que tenho feito: brigadeiros diferentes dia após dia. Tenho mania de mudar a receita no meio do caminho, às vezes de propósito e outras por puro esquecimento.

1 lata de leite moça — perdão, uma caixa com a mesma medida.
2 colheres de sopa de creme de leite Shefa (meio gelado, porque já tinha um aberto da experiência anterior) – gostei da textura dele
1 pitada —  e aí só Deus vai se lembrar do tanto e guiar minhas benditas mãos para uma nova receita — de farinha de trigo gelada (guardo farinha na geladeira)
1 quadradinho da barra de chocolate (acredito que 100g)

Misturei muito bem o leite condensado, o creme e a pitada. Acrescentei o chocolate em pedaços e levei ao micro — meu velho e antigo micro — por 1 minuto. Tirei, mexi bastante até o chocolate derreter totalmente e voltei ao micro por mais 2 minutos. Misturei tudo muito bem novamente, porque ele começa a ficar parecendo sulflair, e voltei ao micro por mais 1 minuto e 55 segundos (1’55”). Tirei, misturei tudo muito, muito, muito bem, porque ele já estava bem aerado, deixei-o bem lisinho e coloquei num prato untado com margarina. Deixei esfriar por duas horas e enrolei, passando por paçoca, castanha de caju, café torrado e moído e leite em pó. Ficaram divinos.
Engraçado que eu só fazia brigadeiro de micro-ondas e comia às colheradas, de preguiça de enrolar, mesmo porque eu nunca conseguia dar o ponto. Agora, meu barato é enrolar os brigadeiros, passá-los pelos confeitos e vê-los lindinhos em suas forminhas. Como a gente vai ficando diferente! Interessante perceber que a vida me tornou mais paciente para algumas coisas.

Pra quem achou estranho o lance da farinha de trigo: ouvi uma culinarista dizer que usa a farinha para o brigadeiro não ficar açucarado e nem puxa-puxa. Nunca fiz um brigadeiro puxa-puxa na vida, mas açucarado já aconteceu, então… Só que coloquei uma quantidade bem inferior a que ela sugeriu e acho que tá de bom tamanho, porque só faço brigadeiro no micro-ondas. Sujar panelas e ficar com a barriga encostada no fogão não é comigo.

Update: Eu havia dito que nunca tinha feito um brigadeiro puxa-puxa e, até então, nunca mesmo. Só que nessa minha mania de testar várias receitas e misturar uma com outra e ver no que dá, fiz um puxa-puxa e não achei graça, não. O lance dele ficar puxa, no meu caso, foi ter colocado glucose e deixado tempo demais no micro-ondas. Deu pra comer, houve até quem achou a iguaria deliciosa, mas não. Pode até utilizar a glucose, pois já fiz várias receitas com ela, mas não pode deixar tempo demais no micro. Outra coisa: fiz brigadeiro com chocolate ao leite Hershey’s e não gostei muito, não; ficou superdoce. Ele pode ser utlizado nas trufas, mas, no brigadeiro, achei estranho. O chocolate meio amargo, no brigadeiro, deixa-o mais saboroso, mesmo sendo o — horroroso — do Harald. :)

28/05/2012

Aventuras gastronômicas

De tanto assistir receitas, algumas vezes, fico tentada. Desde a semana passada, venho fazendo alguns testes e, ao que parece, foram sucesso. Primeiro, comecei com as trufas tradicionais. Ficaram deliciosas, embora a embalagem não tenha sido lá essas coisas — aliás, ainda continua não sendo. O comércio de artigos para festas em algumas cidades do interior é extremamente precário. Bom, pra dizer a verdade, nem em grandes sites de São Paulo encontrei exatamente o que eu queria. Enfim, pulo essa parte. Depois das trufas, resolvi fazer os cakepops. Muito bom e fácil! Depois, bombons trufados. Bati a cabeça daqui e dali, mas acabou dando certo e todas as vezes que fiz, não sobrou um para contar história.
Há dias tenho assistido e lido receitas sobre brigadeiros gourmets, mas o fato de ter de ir à panela e ficar ali mexendo sem parar e depois ainda ter que lavá-la não me empolgou, por mais que a iguaria me encante. Mas hoje encontrei uma pessoa que diz fazer os tais brigadeiros gourmets no micro-ondas. Aí, sim, fiquei toda animada. Mesmo encontrando comentários desanimadores pelo caminho, fui direto ao teste. Fui fazendo do meu jeito, baseada na minha receita de brigadeiro normal — que é sempre feita no micro-ondas — e também na dica da Chris, que encontrei num blog, ao acaso, via Google (Pitadinha, se não me engano). Coloquei os ingredientes (chocolate em barra, leite moça e manteiga extra) num pirex alto, levei ao micro por 1 min, tirei e fiquei mexendo por um bom tempo. Depois levei por mais 1 minuto e retirei novamente, mexendo por outro bom tempo. Aí voltei e deixei mais 3 minutos (acho que devo deixar um pouco menos, bem pouco mesmo). Tirei, mexi bastante e coloquei a delícia num prato untado com pouquíssima manteiga. Agora está lá esfriando. Já comprei forminhas e logo irei enrolá-los e passar em diversos confeitos para presentear.

UPDATE: Ficaram, modéstia à parte, maravilhosos!

14/05/2012

Bolo no Palito

Outra ideia para bolo no palito.

14/05/2012

Outra receita de cake pops, mais bem explicadinha.